Governo prioriza registro de defensivos químicos para 8 pragas

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) publicou uma portaria definindo quais os agentes mais prejudiciais às culturas do país para as quais os registros de defensivos químicos e tecnologias de controle serão priorizados.

As oito pragas apontadas pelo Mapa são:

  • Ferrugem da soja;

  • Mofo-branco (em soja, feijão e algodão)

  • Helicoverpa armigera;

  • Mosca-branca (feijão, tomate, melão e soja);

  • Nematóides (soja);

  • Broca-do-café;

  • Ervas daninhas resistentes (soja, algodão e feijão)

  • Bicudo-do-algodoeiro.

Também foram consideradas prioridades as indicações de registro para o grupo das frutas com casca não comestível.

Fonte: Canal Rural

Comments