Pragas da soja: Vaquinha

Nome científico: Diabrotica speciosa

Também conhecida como vaquinha-patriota, vaquinha-verde e diabrótica, é um besouro com cerca de 6mm de comprimento que tem o corpo verde com manchas amarelas e a cabeça avermelhada. As larvas são de coloração amarelo-pálida e preta e chegam a 12mm de comprimento e 1mm de diâmetro. A vaquinha-patriota é encontrada em todo o Brasil.

alt

Ciclo biológico: 2 a 3 meses dos ovos à fase adulta Reprodução: Os ovos ficam no chão, em massas com cerca de 30 ovos. As larvas eclodem em três ou quatro dias e em cerca de 23 dias terão se desenvolvido, passando por três estádios larvais e de pupa (a fase de pupa acontece dentro de um casulo no chão), até se tornarem adultas.

Partes afetadas: Folhas, flores, frutos e raízes Fases em que ocorre o ataque: crescimento vegetativo, floração, frutificação e germinação

Danos: O inseto adulto alimenta-se, especialmente, das folhas da plantação de soja. Ele faz pequenos orifícios nas folhas, prejudicando o seu desenvolvimento. Já para as larvas, que ficam no solo, é mais fácil consumir as raízes da planta.

Dicas para o controle da praga: É indicado o monitoramento para decidir o momento de agir contra a praga. O inseto pode ser controlado com produtos químicos junto ao manejo integrado. A eliminação de restos de culturas, o uso de lavoura-armadilha (plantio antecipado de cultura hospedeira) e de armadilhas luminosas (capturam apenas adultos) também são opções.

Comments