Pragas da soja: Lagarta-da-soja

Nome científico: Anticarsia gemmatallis

O adulto é uma mariposa de cor parda-acinzentada com 40mm de envergadura. Quando em repouso, as asas anteriores cobrem o corpo e se nota uma linha que a divide ao meio e continua na asa posterior. As lagartas variam de cor (verde, pardo-amarelada e até preta) e têm cinco listras brancas ao longo do corpo.

Quando a população é grande e falta alimento, a lagarta fica escura, mas mantém as listras brancas. Com quatro pares de falsas pernas, é muito ativa e tem grande agilidade. Ao se tocar na planta, as lagartas caem todas no chão. A fêmea vive em torno de 20 dias.

alt

Ciclo biológico: 47 dias dos ovos à fase adulta Reprodução: cada fêmea pode colocar até 1 mil ovos, 80% deles nos primeiros oito a dez dias de vida. As lagartas eclodem em até cinco dias e se alimentam das folhas. Transformam-se em pupa a 2cm de profundidade no solo e o adulto emerge após uma semana.

Partes afetadas: folhas e hastes

Fases em que ocorre o ataque: início da cultura e floração

Danos: As lagartas atacam as folhas e as raspam enquanto são pequenas, causando pequenas manchas claras. À medida que crescem, ficam mais vorazes e destroem completamente as folhas, podendo causar danos até as hastes mais finas.

Dicas para eliminar a praga: É importante monitorar constantemente. O controle deve ser feito quando houver, em média, 40 lagartas grandes por pano-de-batida. Quando a desfolha atingir 30%, antes da floração, e 15%, assim que surgirem as primeiras flores, é preciso agir.

Comments